fbpx

Skip links

Scaling Scrum começa com perceber o habitual Scrum de uma equipa. A partir daí, a sua organização deve ser capaz de perceber e adotar LeSS, o que requere examinar o propósito dos elementos de Scrum de uma equipa e descubrir como chegar ao mesmo propósito mantendo-se dentro das regras Scrum convencionais.

O desenvolvimento Agile com Scrum requere uma mudança organizacional profunda para ser ágil. Dito isto, nem Scrum nem LeSS devem ser considerados meras práticas. Em vez disso, estes métodos formam uma estrutura de projeção organizacional.

Duas estruturas Agile Scaling

LeSS oferece duas estruturas Scrum a grande escala. A maioria dos elementos de dimensionamento de LeSS estão focados em direcionar a atenção de todas as equipas no projeto completo em vez de na “minha parte”. Os foco global e fim-a-fim são talvez o problemas dominantes a resolver no dimensionamento. As duas estruturas – que são basicament Scrum de uma equipa numa dimensão maior – são :

  • LeSS : até oito equipas de oito membros;
  • LeSS Gigante: até uns milhares de pessoas num produto.

O que significa ser o mesmo que Scrum duma equipa?

LeSS é uma versão dimensionada de Scrum dum equipa, e mantém muitas das práticas e ideias do Scrum de uma equipa. Em LeSS encontrará:

• Um único registo de produto (porque é para um produto, não para uma equipa);
• Uma definição de Feito para todas as equipas;
• Um Incremento de Produto Potencialmente Exportável no final de cada Sprint;
• Um Proprietário de Produto;
• Muitas equipas completas, “cross-functional” (sem nenhuma equipa com só especialistas);
• Um Sprint.

Em LeSS todas as equipas estão num Sprint comum para entregar um produto exportável comum, em cada Sprint.

Qual a diferença de LeSS?

  • Planeamento de Sprint Parte 1: Em adição ao único Proprietário do Produto, inclui também pessoas de todas as equipas. Deixa os membros de equipa auto-gerirem-se para decidir a sua divisão de Itens do Registo do Produto. Os membros de equipa também discutem oportunidades de encontrar trabalho partilhado e cooperar, especialmente com itens relacionados;
  • Planeamento de Sprint Parte 2: Este é feito independentemente (e normalmente em paralelo) por cada equipa, sendo que ás vezes para uma coordenação e aprendizagem simples duas ou mais equipas possam fazê-lo na mesma sala (em áreas diferentes);
  • Scrum Diário: Isto também se celebra independentemente por cada equipa, sendo que um membro da equipa A pode observar o Scrum diário da equipa B para aumento da partilha de informação;
  • Coordenação: Simples Falas, Comunicação em Código, Viajantes, Espaço Aberto e Comunidades;
  • PBR Geral: Pode haver uma curta e opcional reunião geral sobre Refinamento do Registo do Produto (Product Backlog Refinement, PBR) que inclui o único Proprietário do Produto e membros de todas as equipas. O propósito chave é decidir que equipas irão provavelmente implementar que itens e consequentemente selecionar esses itens para um PBR aprofundado de uma equipa só mais tarde. É também a opurtunidade de aumentar o alinhamento do Proprietário do Produto com todas as equipas.
  • PBR: O único requisito em LeSS é o PBR de uma só equipa, o mesmo que no Scrum de uma só equipa. Mas uma variação comum e útil  é o PBR de multi-equipa, onde duas ou mais equipas estão na mesma sala, para aumentar aprendizagem e coordenação;
  • Revisão do Sprint: Em adição ao único Proprietário do Produto, inclui também membros de todas as equipas, assim como clientes/usuários relevantes e outros acionistas. Para a fase de inspecionar o incremento do produto e de novos itens, considere o estilo dum “bazaar” ou duma “feira de ciências”: uma grande sala com múltiplas áreas, cada uma com membros de equipa como funcionários, onde cada item desenvolvido pelas equipas é demonstrado e discutido;
  • Retrospetiva Geral: Esta é uma nova reunião que não existe no Scrum de uma só equipa, e o seu propósito é explorar melhorando o sistema em geral, em vez de se focar somente numa equipa. A duração máxima é de 45 minutos por semana de Sprint. A reunião inclui o Proprietário do Produto, ScrumMasters, e representantes rotativos de cada equipa.

 

 

Fonte: https://less.works/less/framework/index.html

Return to top of page