Skip links

Plano de Continuidade de Negócios – Saiba porque 85% das empresas já o fizeram

Plano de Continuidade de Negócios - Saiba porque 85% das empresas já o fizeram

Em 2020 percebemos que vivemos num sistema bastante volátil e que, se num dia está tudo bem, no outro, o caos está instalado. Para resistirmos, é fundamental prever alguns cenários múltiplos e até mesmo o cenário mais irrealista.

Iniciamos o ano de 2020 com uma mentalidade muito otimista, uma nova década, um novo ano, uma nova oportunidade para prosperar. Contudo, ainda no primeiro trimestre, fomos colocados à prova. A certeza de que 2020 seria “o ano” foi imediatamente substituída pela inconsistência e pelo medo do que se avizinhava. Com o novo coronavírus, as organizações tiveram de demonstrar a sua capacidade de resiliência.

As organizações foram apanhadas de surpresa quando perceberam que a sua metodologia de trabalho teria de ser ajustada e alterada. É de louvar a capacidade de resposta rápida que a maioria destas teve, adaptando-se eficazmente ao meio envolvente e criando estratégias de negócio como o trabalho remoto, mantendo-se, assim, produtivos. Porém, não retirando o mérito à gestão das organizações, uma justificação para a eficiência na adaptação encontra-se no Plano de Continuidade de Negócios – BC.

Em que consiste o Plano de Continuidade de Negócios? É um processo de gestão que previne a ocorrência de incidentes na organização e auxilia a reagir adequadamente, mantendo um nível de funcionamento ajustado à retoma ordinária da situação – nomeadamente através da adoção de processos alternativos. O plano é acionado quando se materializam ameaças como pandemias, assaltos, falhas de sistema, incêndios, terrorismo, etc. Como seria de prever, nos últimos anos a sua implementação tem incrementado.

De acordo com o It Insight no artigo “Organizações melhoram planos de recuperação de desastres” é inferido que enquanto 66% das empresas não tinha um plano de resposta a situações como o coronavírus antes da pandemia, a situação está a mudar. Agora, 85% já tem um plano de recuperação de desastres de IT dentro da sua estratégia BC (Business Continuity)”. Comparando os valores percentuais, há um crescimento significativo, ou seja, as organizações cada vez mais compreendem a importância de implementar um Plano de Continuidade de Negócios, um plano de contingência que facilitará a sua recuperação aquando um desastre.

Em suma, é impossível prever o imprevisível, é errado assumir que os incidentes só acontecem com terceiros. Esta pandemia provou-nos que ninguém está ileso. É importante ter um plano. É importante estar prevenido. É essencial adotar medidas como o Plano de Continuidade de Negócios, que ajuda as organizações a reerguer-se do caos, fazendo com que as perdas de rendimento não sejam tão significativas, facilitando e agilizando a retoma à normalidade.

Entre em contacto connosco para o ajudarmos a assegurar a continuidade do seu negócio.

Fale com um especialista

Serviços de Consultoria

Conheça algumas das áreas onde atuamos.

SABER MAIS

Norma ISO 27001

SABER MAIS

ITMARK

SABER MAIS

CMMI Dev

Return to top of page