Skip links

Cibercrimes em Portugal aumentam de forma exponencial no mês de abril

Cibercrimes em Portugal aumentam de forma exponencial no mês de abril

Os cibercrimes cometidos em Portugal aumentaram de forma exponencial durante o período de isolamento por causa do COVID-19.

Os cibercrimes cometidos em território português continuam a aumentar. Segundo a Procuradoria Geral da República, os crimes informáticos evoluíram 230% em março e 165% até ao dia 16 de abril. Por isso estima-se que o aumento no final de abril tenha sido superior ao do mês anterior, podendo ter atingido um aumento de 300%.

Entre 2016 e 2019 as reclamações relativas a cibercrimes aumentaram, sendo que as denúncias recebidas em 2020, “superaram já as de todo o ano de 2018 e aproximam-se do número total de 2019”.

A grande maioria das queixas relativas a fraudes informáticas, estão relacionadas com a utilização ilegal da aplicação de pagamentos MBWAY, à difusão de mensagens de email e SMS que possuem malware, campanhas de phishing e ainda a extorsão através do email.

Além de todos estes crimes destacados, o gabinete de Cibercrime da Procuradoria refere ainda que há também denúncias relativas a burlas em plataformas de vendas online, divulgação não permitida de fotografias, crimes contra a honra e o direito de autor e a difusão de pornografia infantil.

Segundo a notícia publicada no IT Insight, este gabinete recebeu um total de 86 queixas nos três primeiros meses do ano, sendo que 22 foram encaminhadas para abertura de inquérito. Contudo, no mês de abril já receberam 76 queixas sendo que 6 darão origem a inquérito. 

Saiba como podemos contribuir para o sucesso da sua organização através da nossa oferta de formações e da certificação nas nossas áreas de atuação.

Fale com um especialista

Serviços de Consultoria

Conheça algumas das áreas onde atuamos.

SABER MAIS

CMMI Para Serviços

SABER MAIS

Norma ISO 27001

SABER MAIS

RGPD (Regulamento da Proteção de Dados)

Return to top of page