fbpx

Skip links

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

Bruxelas investiga Amazon por alegado uso de dados pessoais de vendedores

A Comissão Europeia abriu, no passado dia 17 de julho, uma investigação à Amazon para confirmar se a empresa quebrou as regras comunitárias na área da concorrência ao usar informações pessoais “confidenciais” de vendedores independentes.

Esta investigação formal serve para avaliar se o uso de dados confidenciais pela Amazon de vendedores independentes que vendem na sua plataforma viola as regras de concorrência da União Europeia (UE)

Bruxelas teme que ao ter acesso a esta informação, a Amazon tenha sido beneficiada em comparação com outras plataformas de comércio eletrónico.

A Amazon é uma empresa transnacional de comércio eletrónico dos Estados Unidos, que para além de vender, através da sua plataforma, produtos próprios, tem espaço para comerciantes independentes venderem diretamente aos consumidores.

A empresa garantiu que vai “cooperar plenamente” com a Comissão Europeia no âmbito da investigação. “Vamos cooperar plenamente com a Comissão Europeia e continuaremos a trabalhar para apoiar empresas de todos os tipos e para ajudá-las a crescer”, lê-se em comunicado.

Return to top of page