fbpx

Skip links

Facebook multado em cinco mil milhões de dólares pelo escândalo Cambridge Analytica

Facebook multado em cinco mil milhões de dólares pelo escândalo Cambridge Analytica

O departamento de justiça tem de aprovar a coima, que em situações semelhantes foi confirmado o pedido.

O Facebook será multado em cinco mil milhões de dólares pelas autoridades norte-americanas por ter quebrado as regras de proteção de dados pessoais no caso Cambridge Analytica.

Há mais um de um ano o regulador FTC (Federal Trade Commission) abriu uma investigação à violação dos termos acordados sobre a gestão dos dados dos utilizadores. No dia 13 de julho atribuiu a coima mais elevada a uma empresa de tecnologia.

De acordo com o jornal norte-americano New York Times, embora a FCT se tenha recusado a comentar o resultado da votação, a decisão foi apoiada pelos republicanos e contrariada por democratas, que queriam um valor mais alto. O deputado democrata David Cicilline afirmou que a coima era pequena para os lucros da empresa, que tem uma receita trimestral que ronda os 15 mil milhões de dólares. Fica a faltar apenas a confirmação do Departamento de Justiça, que historicamente não tem impedido a aplicação das multas aprovadas pelo regulador.

Segundo o ex-diretor do departamento de proteção do consumidor da FTC, David Vladeck “É uma quantia considerável de dinheiro e estabelece uma linha para os Googles, Microsofts, Apples e Twitters do mundo”.

Já Matt Stoller, do Instituto de Mercados Abertos, considera que “isto não é uma multa. É um favor ao Facebook”. O preço das ações da rede social subiram 1% depois do anúncio da multa.

O Facebook já tinha sido multado no Reino Unido em 560 milhões de euros pelo mesmo motivo, em outubro do ano passado. A coima recém-aprovada, e já esperada pela rede social, é a maior alguma vez aplicada a uma empresa de tecnologia pelo regulador norte-americano. Resta saber se serão aplicadas medidas adicionais à empresa de Mark Zuckerberg.

Return to top of page